Ler é Perigoso

Kafka (1883-1924)

Escritor checo de língua alemã, um clássico do romance europeu, inspirou e continua a inspirar uma série de escritores, pintores, cineastas, ilustradores e críticos.


Destes, destaco um livro:

Kafka, Viagem às profundezas de uma alma, de PIETRO CITATI,1987 (Ed Cotovia, tradução de Ernesto Sampaio, 2001).

Escritor e crítico italiano (1930), PIETRO CITATI é autor de várias biografias de escritores, entre os quais esta, consagrada a Kafka.

Pulpit rock

 

O capítulo III, intitulado O ESCRITOR COMO ANIMAL , é uma análise da obra A Metamorfose.

p.72:
Kafka adorava a literatura, mas era o contrário de um esteta. Sempre acreditara que o acto mais sublime do homem fosse o que era ditado pela caritas, como Gregor Samsa, que se imola pela sua família.

p.78:
Gregor Samsa não se transformou num coleóptero ou num escaravelho: é uma criatura dividida, cindida, uma criatura partida ao meio, algo que oscila entre o homem e o animal, e que podia tornar-se completamente animal ou regressar à forma humana, não possuindo a força de uma metamorfose completa.